Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2012

Foi há 15 anos. 1997 parece que foi ontem...

Duas capas. Dois perigos há muito calculados.

A nossa gastronomia não merece.

Ricos? Somos nós.

O caminho do desenvolvimento. Faz-se...

RTP. O que temos.

A estupidez incompreensível.

Descubra as diferenças.

Um país a definhar.

Neil Armstrong - 1930 - 2012.

Assim vai o burgo...

O destino é o que eles quiserem.

Inventar o Destino. Depende de ti.

ALA e «a vida das mulheres».

RTP. «Para Angola, rapidamente, e em força!»

Faz o que eu digo, não faças o que eu faço.

Moment of surrender.

Autonomia para Alberto João, já!

A frase do dia.

África.

Porque loucos somos todos.

Pingo Doce. Deixar de ir é o melhor remédio.

A ilusão de Passos é a desilusão portuguesa.

Por uma boa causa.

A (i)responsabilidade de Marcelo.

Fotografia. Hoje é o dia dela.

Universidade de Verão regressa ao Rato.

A frase do dia.

Louçã - a saída há muito desejada.

TAP. Os prejuízos que a gestão não assume.

A economia não se planeia por decreto. O erro paga-se.

Da Rússia, com amor - «o fim do império soviético».

Festa do Pontal num parque aquático.

«Não penses para amanhã».

Fundações. A saga do costume.

MEC. Simplesmente tu.

Rua com a podridão.

Jorge Amado. O Grande.

O dado.

De Caminha, com amor!

Três falhanços. Três mil milhões de euros. E oito mil empregos.

Fundações - um cancro tratado tardiamente.

Parabéns, Caetano!