Mensagens

Os eternos ódios à esquerda.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 59.

A festa aos olhos da dama-de-ferro portuguesa.

Os 40 anos de Abril pela mão da direita.

Gaspar. Parte II.

Lisboa que se «arma».

O Estado social no seu melhor.

Fazes-me falta.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 58.

Gaspar. Parte I.

A triste realidade dos partidos de quadros.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 57.

A notícia ibérica da semana.

Assis: o homem do centrão socialista.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 56.

Cambada.

A «boca» do dia.

Austeridade chega ao Vaticano.

Saudades de congressos à moda antiga.

«Não sou ministro dos generais reformados».

As dificuldades.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 55.

Merkel e Gaspar, directamente de Loulé.

Seguro sempre no fim da corrida.

Onde andas tu, Rui?

Marcelo e Marques Mendes lá foram. Faltou Manuela para o trio com muita lata.

A jogada do Rato que a 'laranja' ultrapassou sem problemas.

«Eu sou a melhor prova da liberdade do partido»

O perdedor Menezes regressou ao palco «sulista, elitista e liberal».

O regresso do amigo Relvas.

lulia Timochenko. A esperança ucraniana.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 54.

O dado do dia.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 53.

Unicef. Um apelo urgente.

I Congresso da Troika em Portugal.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 52.

Portugal «invadido» por vampiros [que comem tudo e não deixam nada].

Orçamento do Cidadão já está online.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 51.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 50.

Gaspar: o ministro da Troika que votou Soares.

Momento «Em nome de ti, ALA», dia 49.

Platonismo precisa de ajuda. Alguém responde?

Delapidação do SNS. Ou será mais depilação?