Momento «Em nome de ti, ALA», dia 268.


Momento «Em nome de ti, ALA», dia 268: «São as palavras as maiores amigas dos escritores. São elas que nos permitem descrever o que sentimos, o que vemos, no fundo, porque existimos».

Comentários