Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Portugal, um país com visão (política) pequenina

Foto: Presidência da República. A visão de um País é também aquilo que os seus responsáveis fazem dele. Porque eles são os nossos representantes. Porque eles são a cara que decidimos mandatar para nos honrar. Esperamos sempre que o façam com elevação, sentido de Estado e não apenas em carneirada. A questão do Mundial de Futebol e do circo que os nossos políticos, primeiro-ministro e presidente, montaram em torno dele, fazem lembrar aquelas birras de crianças de querem um chupa chupa e ouvirem um não. Pergunto eu, do fundo da minha compreensão limitada, se faz algum sentido, tendo em conta a natureza deste Mundial, tantos políticos irem ao Catar. Olho para o gesto como uma mesquinhez, como algo que é pequeno demais para a dimensão que já devíamos ter. Não digo que, caso Portugal chegasse a uma final, ou até numa semi-final, que um deles, alternado, não fosse lá. Mas no início da competição? É aquela velha história que coloca todos no saco ridículo do festim de parolos. O Catar não é de

Mensagens mais recentes

Portugalidade: Piódão, a aldeia-presépio do Açor

Reabre-se a porta para a epopeia dos Descobrimentos em Sagres

18 anos de Jerónimo: uma Geringonça histórica e a impotência ante a implosão

𝗟𝗷𝘂𝗯𝗼𝗺𝗶𝗿 𝗦𝘁𝗮𝗻𝗶𝘀𝗶𝗰: um Homem sem merdas

O (abuso) do poder local

Adriano Moreira: 100 anos de um Homem unânime

Portugalidade: Montargil, ancorada na Barragem, sedutora e com vagar

11 de setembro: o mundo não esquecerá

Guerra pode causar um ecocídio na Ucrânia

Isabel II: a rainha das rainhas!